Inovação em Transporte Público Eleva a Experiência do Usuário e Sustentabilidade Urbana

Inovação em Transporte Público Eleva a Experiência do Usuário e Sustentabilidade Urbana

A Revolução Tecnológica no Transporte Público

As cidades modernas enfrentam desafios crescentes de mobilidade urbana, como congestionamentos, poluição e expansão demográfica. Em resposta a esses desafios, a inovação tecnológica está transformando o transporte público, com especial destaque para os sistemas ferroviários, promovendo uma mobilidade mais eficiente e sustentável.

No Brasil, o avanço na segurança dos trens de passageiros é notável. Sistemas de monitoramento avançado de velocidade e alertas ajudam a prevenir colisões e descarrilamentos, elevando significativamente a segurança dos usuários.

Implementações Tecnológicas para Segurança e Eficiência

A ViaMobilidade, operadora das linhas 8 e 9 da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), implementou o Sistema Inteligente para Auxílio de Abertura de Portas (SIAP). Esse sistema previne a abertura das portas no lado incorreto da plataforma, contribuindo significativamente para a segurança operacional.

Segundo Rosane Roverelli, diretora da Advantech Brasil, o futuro do transporte público está intrinsecamente ligado à tecnologia. “A transformação dos sistemas de metrô e trem, com a adoção de pagamento sem contato, biometria facial e inteligência artificial para otimização de rotas, tem melhorado substancialmente a experiência do usuário, tornando as viagens mais rápidas, seguras e confortáveis”, afirma Roverelli.

Automação e Gestão Eficiente de Recursos

A automação nos sistemas modernos de metrô desempenha um papel crucial na otimização da operação, permitindo um gerenciamento mais preciso do fluxo de trens e reduzindo os tempos de espera. Esta integração de tecnologias avançadas não só diminui os congestionamentos, mas também minimiza o risco de acidentes, além de promover um uso mais eficiente de recursos como energia e combustível.

Tecnologia ao Serviço dos Usuários

Com o auxílio de sensores inteligentes e soluções de Internet das Coisas (IoT), é possível monitorar o tráfego, a lotação dos veículos e as condições das vias em tempo real. Os aplicativos de transporte público oferecem aos usuários informações atualizadas sobre horários, rotas e disponibilidade, facilitando o planejamento de viagens e reduzindo o tempo de espera.

| ++ Leia mais: Os 10 melhores podcasts sobre tecnologia

Segurança Avançada nos Transportes

Em São Paulo, o sistema de metrô utiliza câmeras inteligentes com capacidades de reconhecimento facial e análise comportamental para prevenir crimes e garantir a segurança dos passageiros. Esses dispositivos identificam comportamentos suspeitos e alertam as autoridades em tempo real, permitindo intervenções rápidas e eficazes.

Conclusão: Um Futuro Sustentável e Eficiente para as Cidades

“A integração da tecnologia com os sistemas de transporte público é essencial não apenas para melhorar a mobilidade urbana, mas também para contribuir para o desenvolvimento de cidades mais sustentáveis, eficientes e habitáveis”, conclui Roverelli.

A inovação no transporte público, portanto, não apenas resolve problemas imediatos de mobilidade, mas também desempenha um papel vital na criação de infraestruturas urbanas adaptadas às necessidades futuras. Ao adotar essas tecnologias, as cidades podem esperar um transporte mais seguro, eficiente e inclusivo, marcando um progresso significativo na qualidade de vida urbana.

Fonte: Portal Terra

Fique Conectado conosco! Siga-nos nas Redes Sociais para Mais Novidades Tecnológicas e Inovação:

👉  Siga-nos no Instagram: @FalandoEmNuvem/

Não perca as atualizações sobre as mais recentes tendências tecnológicas, histórias inspiradoras e informações exclusivas sobre o mundo da inovação. Junte-se a nós nas redes sociais para estar na vanguarda das transformações tecnológicas e descobertas emocionantes!

No Centro das Atividades Hacker: Entendendo a Relevância de Senhas Fortes

No Centro das Atividades Hacker: Entendendo a Relevância de Senhas Fortes

No Centro das Atividades Hacker: Entendendo a Relevância de Senhas Fortes

As revelações de Walter Delgatti, durante seu depoimento à CPI dos Atos Golpistas, sobre as vulnerabilidades das senhas utilizadas no sistema do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), destacam um problema crescente na segurança digital. O uso de senhas como “123mudar”, “CNJ123” e “12345” destaca uma preocupante fragilidade nos sistemas que deveriam garantir proteção. Essa situação aponta para a urgência de adotar medidas eficazes para proteger nossas informações online.

O cenário é agravado pelo fato de que “12345” foi a quarta senha mais recorrente em vazamentos de dados de usuários no Brasil em 2022. Aproximadamente na 21ª posição, encontramos “123mudar”. Esses dados provêm de um levantamento conduzido pelo NordPass, uma plataforma de gerenciamento de senhas.

Como Fortificar suas Defesas Digitais: Dicas Práticas para Senhas Robustas

A segurança cibernética começa com a escolha de senhas fortes, uma das medidas mais vitais para proteger dispositivos móveis, computadores e contas online, sejam pessoais ou profissionais. Seguindo algumas diretrizes simples, é possível construir uma barreira sólida contra possíveis ameaças.

  1. Opte por Senhas Longas e Criativas: Aumente a dificuldade de adivinhação com senhas longas e únicas. Considere usar segmentos de frases significativas ou letras de músicas que tenham relevância para você.
  2. Combine Diversidade de Caracteres: Misture letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais (como @, $ e !) para aumentar a complexidade da senha, dificultando ainda mais as tentativas de quebra.
  3. Evite Repetição: A tentação de usar a mesma senha em múltiplos sites é real, mas altamente insegura. Evite esse risco adicional, criando senhas únicas para cada plataforma.
  4. Apoie-se em Gerenciadores de Senhas: Simplifique o processo e reforce a segurança ao utilizar gerenciadores de senhas. Opções como o navegador Google Chrome e o aplicativo Microsoft Authenticator permitem armazenar suas credenciais de forma segura.
  5. Elevação com Autenticação em Dois Fatores: Reforce suas proteções com autenticação em dois fatores sempre que possível. Mesmo que alguém obtenha sua senha, será necessário fornecer um segundo código de verificação, o qual pode ser enviado por e-mail, SMS ou um aplicativo de autenticação.

A situação atual reforça a necessidade de tomarmos medidas concretas para salvaguardar nossa presença online. A escolha de senhas seguras é uma parte fundamental nesse processo. Ao adotar práticas inteligentes, estamos fortalecendo nossas defesas digitais e contribuindo para um ambiente online mais seguro e protegido.

Quando se trata de segurança, cada passo conta. Proteja-se e evolua junto com as demandas da era digital. Mantenha-se seguro e informado com nossos insights no blog “Falando em Nuvem”.

Fonte: https://g1.globo.com/

Fique Conectado conosco! Siga-nos nas Redes Sociais para Mais Novidades Tecnológicas e Inovação:

👉  Siga-nos no Instagram: https://www.instagram.com/falandoemnuvem/

Não perca as atualizações sobre as mais recentes tendências tecnológicas, histórias inspiradoras e informações exclusivas sobre o mundo da inovação. Junte-se a nós nas redes sociais para estar na vanguarda das transformações tecnológicas e descobertas emocionantes!

++ Leia mais: https://falandoemnuvem.com.br/personalizacao-do-windows-11/

Cobertura: Workshop Segurança e transformação digital

Cobertura: Workshop Segurança e transformação digital

Carol Lagôa

Workshop Segurança e transformação digital reuniu profissionais nesta quarta-feira, em São Paulo.

O evento foi totalmente gratuito, com o objetivo de ajudar empresas a darem saltos tecnológicos, não só no uso de ferramentas inovadoras, mas também promover aumento da produtividade, a partir de um ambiente colaborativo.

Segurança e transformação digital –  A Witec It Solutions e Alliance Group promoveram nesta quarta-feira (20/03), o Workshop “Segurança e transformação digital como ativo estratégico da empresa”, que aconteceu na sede da Confirp Contabilidade, em São Paulo.

O evento foi desenvolvido com o objetivo de sanar dúvidas e orientar profissionais e empresas, principalmente da área Financeira, que estão no processo de transformação digital, ou mesmo, que se encontram diante de gargalos causados pelos avanços tecnológicos.

O Workshop foi precedido por um Welcome Coffee no terraço Confirp, momento no qual os convidados puderam tomar café da manhã e fazer network.

Marco – CEO Witec

Falando em Nuvem

O ciclo de palestras foi conduzido pela Digital Influencer da área de TI e criadora do Blog “Falando em Nuvem” –  Carol Lagôa e contou com 2 palestrantes principais que falaram sobre as maiores ameaças virtuais e como proteger-se delas.

Confirp Digital

A Confirp Contabilidade abriu as palestras, contando sobre a transformação digital que a empresa está passando: hoje, apenas 3% dos clientes da Confirp ainda fazem a troca de informações através de papel. A esmagadora maioria, envia suas informações, notas fiscais e documentos contábeis de forma totalmente digital, através do portal “Confirp Digital”. A transformação digital é uma das formas mais práticas de trazer eficiência para os trabalhos.

ECO IT e Cyber Security

CEO da empresa especializada em segurança digital ECO IT e autointitulado “hacker do bem” Vinícius Durbano foi o primeiro a falar e explicou que vazamentos de dados e Ransomwares são os tipos de ameaças que tem tido maior incidência quando tratamos de malware (vírus):

“O Brasil é o 2º país que recebe mais ameaças de ransomware no mundo e 51% das empresas brasileiras já foram vítimas de algum tipo de ataque digital.”

RANSOMWARE

Ransomware é um software malicioso (malware) que infecta o computador atingido, bloqueando o acesso do usuário às informações da máquina e exigindo o pagamento de um “resgate” para que esse acesso seja liberado.

As 2 principais formas de contrair e espalhar o ransomware é por envio de e-mails infectados ou invasão de redes e sistemas vulneráveis.

Essa é uma das razões que faz o backup dos seus arquivos ser tão importante – é uma das formas de você proteger seus documentos – mas não é o que blinda suas contas da ameaça.

O especialista deixou 3 lições:
  1. Invista sempre em pessoas e processos de segurança (nesta ordem!);
  2. Dinheiro não compra saúde, nem segurança;
  3. Preço e prazo se negociam, confiança, não!

Como se preparar rapidamente

Prevenção não é o suficiente, a segurança das empresas deve ser estruturada de forma estratégica, com planos tanto de prevenção das ameaças (anti-vírus, softwares, protocolos de segurança, etc) como a empresa deve ter, também, planos de contingência no caso de ataque.

Os ataques estão cada vez mais sofisticados, mutando em uma velocidade mais rápida do que podemos nos proteger, então, a questão é: Não é “SE” você vai ser atacado, e sim “QUANDO”.

Camillo Seguros

A Camillo Seguros, seguradora credenciada pelo Grupo Alliance, fez uma participação especial contando um pouco sobre seu novo produto que é uma apólice de seguro contra roubo e vazamento de dados, que cobre tanto os prejuízos da empresa segurada, quando os danos civis causados à terceiros, este que, em alguns casos, pode ultrapassar (e muito) o valor do pagamento da apólice.

Witec It Solutions

O CEO da Witec It Solutions, Marco Lagôa foi o fechou o Workshop apresentando boas práticas e ferramentas adequadas para melhorar a produtividade da empresa e proteger os dados.

OFFICE 365

O pacote do Office 365 da Microsoft é uma ferramenta completa quando o assunto é segurança em armazenamento de dados e serviços em nuvem.

Desde backups automatizados pela ferramenta sugerida pela Microsoft: Dropsuite, passando pela comunicação interna e reuniões por videoconferência todas gravadas em cloud pelo App Teams, até a biblioteca de arquivos e gestão de projetos compartilhados pelo App Sharepoint.

Marco também destacou a importância das políticas internas de segurança de cada empresa, pois muitas vezes o vazamento de dados e abertura de rede se dá por falta de atenção ou conhecimento dos próprios funcionários.

Prevenção e planejamento foram as palavras de ordem do dia!

Agradecemos a participação de todos e nos vemos no próximo evento!

Organização:

@WitecIt

@Aga.oficial

Apoio:

@ConfirpContabilidade

@FalandoEmNuvem

@Eco_It

@DeskManager

Segurança e transformação digital reúnem profissionais nesta quarta-feira, em São Paulo

Segurança e transformação digital reúnem profissionais nesta quarta-feira, em São Paulo

Segurança e transformação digital  – Evento gratuito tem como objetivo ajudar empresas a darem saltos tecnológicos, não só no uso de ferramentas inovadoras, mas também promover aumento da produtividade, a partir de um ambiente colaborativo.

 

A Witec It Solutions e Alliance Group promovem nesta quarta-feira (20.03), o Workshop “Segurança e transformação digital como ativo estratégico da empresa”, que acontece, a partir das 8h30, na sede da Confirp, em São Paulo.

 

O Falando em Nuvem é um dos apoiadores do evento.

O evento foi desenvolvido com o objetivo de sanar dúvidas e orientar profissionais e empresas, principalmente da área Financeira, que estão no processo de transformação digital, ou mesmo, que se encontram diante de gargalos causados pelos avanços tecnológicos.

 

Entre os palestrantes, o CEO da Witec It Solutions, Marco Lagôa fará a palestra de abertura que vai tratar de temas importantes para o aumento da produtividade no ambiente de trabalho diante de tantas inovações, tais como, cooperação, segurança e conectividade entre os colaboradores internos e remotos.

 

“Num cenário cada vez mais conectado e movido a dados, é fundamental que a tecnologia seja utilizada com segurança para satisfazer as estratégias do negócio”, explica Lagôa.

 

Aprofundando-se ainda mais, no que diz respeito à segurança em tempos digitais, o CEO da Eco It, Vinicius Fleires Durbano, vai debater com o público os conceitos e soluções para cyber security, além de discorrer sobre análise de risco dentro das empresas que estão em processo de transformação digital.

 

O evento é gratuito, no entanto, as vagas são limitadas. As inscrições devem ser feitas via Sympla.

 

Serviço

Workshop “Segurança e transformação digital como ativo estratégico da empresa”

Dia: 20 de março

Horário: Das 8h30 às 12h30 (Welcome coffee)

Local: Auditório Confirp – Rua Alba, 96, Jabaquara, São Paulo (SP);

Evento gratuito (vagas limitadas)

Inscrições: Sympla.

Informações: (13)981121261

 

Como manter os filhos seguros nas redes

Como manter os filhos seguros nas redes

Esses dias, numa conversa trivial na hora do jantar, comentei com minha mãe sobre uma foto feia que vi na internet sobre uma tal MOMO.

Percebi que a feição de minha filha, de apenas 3 anos mudou. E na sequência ela me disse em tom de alerta:

  • Mãe, por favor, não liga para a MOMO.

Depois que eu fui descobrir que, mesmo controlando o que ela vê no celular, as crianças da escola estão tornando esse boneco virtual, uma lenda urbana.

Não vou me ater aqui em explicar o que é Momo. Pergunte para seus filhos pequenos. Mesmo sem acesso a internet, as coisas ruins da rede chegam até eles. E o grande desafio é como manter os nossos filhos seguros no virtual.

A internet, com certeza, é a grande inovação do século. Houve muito desenvolvimento a partir dela.

No entanto nada é mais libertador que o acesso à informação, o que ela possibilita e representa. Mas, como tudo na vida, esse acesso tem o lado bom e o lado ruim. Principalmente quando o assunto é a segurança das crianças.

O Falando em Nuvem pesquisou e selecionou algumas dicas para você manter seus filhos seguros no ambiente digital:

NÃO FALE COM ESTRANHOS

– Essa frase deve ter sido usada pela vó da minha bisavó e nunca foi tão atual como nos dias de hoje. Portanto, quando o assunto é internet oriente os pequenos a não aceitar convites de estranhos.
Da sua parte, esteja sempre alerta. Monitore os passos que seus filhos dão na internet, com quem falam, os sites que visitam.

IDADE MINIMA PARA ABRIR CONTAS NAS REDES SOCIAIS

– Muitas redes sociais fazem restrições etárias para criação de perfis e esse critério deve ser respeitado pelas crianças e monitorado pelos pais.
É super legal ter uma conta no Instagram e fazer parte do grupo da galerinha, mas se existe uma idade mínima, deve ser respeitada para inclusive preservar os pequenos de exposições indevidas;

 

+++Clipping – Mude seu mind set e transforme sua carreira

 

CUIDADOS COM OS CHATS

– Às vezes as crianças estão cheias de “porquês” quando o assunto é proibi-los de fazer algo. Por isso, deixe claro que em muitos chats que eles acreditam estar falando com crianças pode estar um adulto mal-intencionado.

ORIENTE SEUS FILHOS A NÃO PASSAREM MUITAS INFORMAÇÕES NA INTERNET

– Seguro morreu de velho, principalmente porque estamos falando de uma geração que já nasceu conectada. Parece até que aprenderam a fazer download antes de andar (rs). Então para evitar problemas, oriente seus filhos a não divulgar dados pessoais, assim como descrição de rotina, para onde vai viajar, quando sai de casa e entre outras informações sobre a rotina da família.
Pessoas mal-intencionadas podem estar de olho na conta do seu filho, para saber quando podem executar um golpe, assaltar ou mesmo sequestrar.

NÃO POSTE FOTOS ÍNTIMAS

– Crianças e adolescentes tem sido vítimas de pedófilos e também de chantagem entre colegas de escola. Portanto, fale abertamente com seus filhos sobre os riscos de postar fotos íntimas.
Ressalte neste caso, que ao postar fotos próprias, a criança fica vulnerável e que postar de outras pessoas pode representar um crime de uso indevido de imagem, danos morais, entre outros.

CUIDADOS COM OS MALWARE E PHISHING

– Outra dica importante é não postar fotos íntimas e nem enviá-las de forma privada para outras pessoas. Se o celular ou computador estiver infectado com algum malware, todos os dados contidos no aparelho podem ficar vulneráveis a hackers. Por isso, é preciso ensinar as crianças para não confiar em mensagens chamativas que prometem presentes ou baixar arquivos duvidosos.

 

+++Transformação digital no próximo triênio

 

USE FERRAMENTAS DE CONTROLE

– É possível controlar a navegação, bloquear sites e usuários que possam ser perigosos com o uso de apps e ferramentas disponíveis em desktop e celular. Assim, você evita que seu filho acesse conteúdos impróprios, como jogos, apps e fotos.

MUITO DIÁLOGO

– A minha geração cresceu ouvindo que para se manter longe dos perigos do mundo era necessário ter muito diálogo com os filhos e essa máxima não mudou. O que mudaram foram os perigos.
Quando minha filha veio falar comigo sobre a tal MOMO, fui com ela procurar e pesquisar para deixar claro que se trata de uma brincadeira de mal-gosto. Ela tem apenas 3 anos, mas chega uma idade onde é quase impossível impedir que as crianças tenham acesso à internet.

FIQUE ATENTO AOS SINAIS

– Bullying, golpes, ameaças, coação, exposição, pedofilia. Tudo isso pode estar ligado ao mau uso das crianças na internet e ao descuido dos pais.
Portanto, fique atendo a qualquer mudança de comportamento para manter as crianças seguras.

E você? O que tem feito para proteger seus filhos dos perigos da internet?

Compartilhe sua experiência aqui no Falando em Nuvem. Afinal quando falamos das nossas crias, a gente desce na nuvem mesmo. Literalmente!