Huawei e Microsoft – o futuro das gigantes

Huawei e Microsoft – o futuro das gigantes

Huawei e Microsoft – o futuro das gigantes

No mês passado (maio/19) os notebooks da Huawei sumiram das “prateleiras” das lojas online da Microsoft, sem muitas explicações, apenas seguindo as diretrizes executivas americanas de boicote ao mercado da gigante chinesa.

Apesar de ser amplamente divulgado pelo Governo Americano que os EUA estão mais protecionistas do que nunca e estão em guerra comercial declarada com a China, a Microsoft, até hoje, não se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

https://www.bbc.com/portuguese/geral-48425131

A BBC News Brasil publicou em matéria recente:

“Outro golpe recente dos EUA à China foi a decisão de barrar empresas americanas de comercializarem com a gigante de tecnologia chinesa Huawei, que compete diretamente com a Apple e a sul-coreana Samsung em smartphones e tecnologia 5G.”

Hoje, misteriosamente, os laptops Huawei MateBook 13, MateBook e Matebook X Pro voltaram a ser comercializados na loja virtual da Microsoft, mas foi informada à plataforma “The Verge” que: ´Loja Microsoft está vendendo o que ainda há em estoque, que é compatível com as regulamentações americanas atuais´ – tradução nossa.

 Por sua vez, Huawei está atrasando o lançamento do novo notebook que viria com o Sistema operacional Windows  de fábrica e já avisou que sua equipe de inovação e tecnologia está trabalhando incansavelmente para lançar, assim que possível, um sistema operacional próprio, tanto para Laptop quanto para Smartfones – Os EUA que se segurem!

Ahhh.. A Huawei anunciou, também, que será a responsável pela produção da tecnolgia 5G que será implementada em toda a Rússia (só isso! rs).

Acontece que a Microsoft e o Google têm várias parcerias de sucesso com a Huawei e seria quase impossível desatar esses laços do dia para noite.

A solução de nuvem híbrida da Huawei para Azure Stack da Microsoft e o sistema operacional Google Android para os Smartfones Huawei são alguns exemplos de sinergia que ficaremos tristes em não ver mais.

Fique de olho na nuvem para acompanhar as tendências de tecnologia do mundo!

++ Leia mais: O wi-fi 6, o 5G e o CBRS continuarão coexistindo?

Celulares dobráveis – foi dada à largada

Celulares dobráveis – foi dada à largada

Celulares dobráveis: foi dada a largada!!
Fevereiro fechou como mês oficial para o lançamento dos celulares do futuro: os aparelhos dobráveis.

As gigantes asiáticas Samsung e Huawei foram as empresas que fizeram mais barulho nesse segmento, seguidos pela TCL que apresentou cinco protótipos diferentes, sendo um deles que se molda ao redor do pulso, podendo virar um relógio.

ÁSIA SAI NA FRENTE

  

A Startup chinesa Royole foi a primeira empresa a comercializar um modelo dobrável – em dezembro de 2018 entrou no mercado o Royole FlexPei. As críticas não foram muito favoráveis, dando a impressão de ser uma versão beta, sem dobrar totalmente, o que o torna quase impossível de ser guardado em um bolso.

Já a sul-coreana Samsung chegará no mercado em segundo lugar. O Galaxy Fold será lançado em abril de 2019 e parece ter uma tecnologia mais amadurecida, com a promessa de (além de dobrar totalmente) ter desempenho de PC, oferecendo ao usuário utilização de até 3 aplicativos ao mesmo tempo.

O Mate X da chinesa Huawei também é um dos mais aguardados (e mais caros!). Está prometido só para o segundo trimestre de 2019 e vem com tela de cinema, a maior de todas até agora, com 8 polegadas (quando aberta).

  

MISTÉRIO

 

O Samsung Galaxy Fold, apresentado nos Estados Unidos, e o Huawei Mate X, apresentado na MWX em Barcelona, ficaram em redomas de vidro e não puderam nem ser testados, nem fotografados de perto. Esse mistério todo não é um bom sinal, indicando que pode ser que a tecnologia ainda não esteja totalmente validada.

RETARDATÁRIOS

Motorola e LG estão atrasados, ainda em fases de registro de patente, sem data de lançamento de modelos com essa tecnologia. Existem rumores de um revival do Motorola Razr (que foi febre 14 anos atrás) mas sem confirmação.

Já a Apple (também atrasadinha) promete o seu dobrável só para 2020.

+ + Apple TV+, Cartões, Games E Notícias

SAMSUNG GALAXY FOLD

  • Tela principal:7,3″ QXGA+ AMOLED Dinâmica (4,2: 3);
  • Tela externa:4,6″ HD+ Super AMOLED (21: 9);
  • Câmera externa:10 MP (f/2.2);
  • Câmera traseira tripla:
    • Ultra-Wide: 16 MP (f/2.2);
    • Wide-Angle: 12 MP (f/1.5 + f/2.4) com Estabilizador Óptico de Imagem (OIS);
    • Zoom óptico: 12 MP (f/2.4) com Estabilizador Óptico de Imagem (OIS);
  • Câmera frontal dupla:
    • Selfie: 10 MP (f2.2);
    • Profundidade RGB: 8 MP (f/1.9);
  • Processador:octa-core de 64 bits 7nm;
  • Memória:12 GB de RAM;
  • Armazenamento:512 GB (UFS 3.0), sem espaço para cartão MicroSD;
  • Bateria:380 mAh;
  • Lançamento:26 de abril de 2019;
  • Preço:€ 2.000.

 

HUAWEI MATE X

 

  • Tela:
    • Aberta: 8″ (2480 × 2200 pixels) OLED;
    • Frontal (dobrada): 6,6″ (2480 × 1148 pixels) OLED;
    • Traseira (dobrada): 6,4″ (2480 × 892 pixels) OLED;
  • Processador:Kirin 980 octa-core (2,6 GHz);
  • Memória:8 GB de RAM;
  • Armazenamento:512 GB (expansível com cartão NM de até 256 GB);
  • Câmera tripla:
    • Principal: 40 MP;
    • Ultrawide: 16 MP;
    • Telefoto: 8 MP;
  • Bateria:500 mAh com carregador de 55 watts;
  • Lançamento:segundo trimestre de 2019;
  • Preço:€ 2.299.
+ + Robôs Inovam O Mercado Com O Uso Da Expertise Humana

Quem arrisca não petisca, mas o problema de arriscar comprando essas belezinhas é que os preços são bem salgados (girando em torno de 10 mil Reais) e ainda não há como prever se o movimento de dobrar constante vai fazer com que a tela fique marcada pelo uso.

Fontes:

https://olhardigital.com.br/noticia/celulares-dobraveis-um-guia-dos-smartphones-flexiveis-lancados-ate-agora/83161

https://oglobo.globo.com/economia/tecnologia/celular-com-tela-dobravel-vira-tendencia-mas-resta-duvida-vale-pena-23478986

Google Assistant – Desbloqueie o seu celular usando a voz

Google Assistant – Desbloqueie o seu celular usando a voz

O Google Assistant tem facilitado e muito a vida dos usuários de smartphones Android, inclusive quando o assunto é comando de voz.

No entanto, desbloquear um aparelho ainda parece um comando complicado para executar com palavras. Parecia, pois com essas dicas você vai conseguir fácil, fácil e sem precisar instalar nenhum aplicativo.

 

  1. Diga “Ok, Google” e abra o Google Assistant ou pressione e segure o botão “Home” do celular;
  2. Toque no ícone conforme está indicado na imagem abaixo e, então, clique no ícone representado por “Três pontos”;
  3. Vá para “Configurações” e clique em “Assistente”;
  4. Deslize a tela para baixo e, em “Dispositivos – Assistente”, clique em “Telefone”;
  5. Localize a opção “Desbloquear com o Voice Match” e habilite a chavinha que fica ao seu lado. Neste momento, o celular deverá solicitar o código PIN utilizado para o seu desbloqueio.
  6. Após ter realizado estes passos, ao dizer “Okay, Google” para chamar o assistente, o desbloqueio do Android será realizado e você poderá utilizar o sistema sem ter que colocar o código PIN nele.

Prático, né? Mas vale lembrar que apesar de o Google Assistant estar disponível para iPhone, esta função só funciona para celulares Android.

 

Compartilhamos com você essa dica do Google Assistant. E pedimos que você também compartilhe com a gente suas descobertas e macetes para melhorar e aprimorar nossa experiência e de nossos seguidores nesse fascinante mundo digital.

 

Fonte – Olhar Digital

3 Gadgets incríveis para você ter em 2019

3 Gadgets incríveis para você ter em 2019

Em um primeiro momento, a palavra ‘gadget’ causou estranheza entre os brasileiros. Mas, não demorou para que ela fosse adicionada ao vacabulário, principalmente dos apaixonados por tecnologia. E também entrasse na lista de desejos de muitas pessoas – até as que não sabem exatamente o que isso significa.

Em um resumo rápido, gadget é uma palavra de origem francesa que significa dispositivo ou engenhoca. Então, já dá para imaginar do que estamos falando né? Gadgets são dispositivos eletrônicos portáteis que trazem algum conforto ou comodidade para a nossa vida.

Só para exemplificar, podem ser considerados gadgets desde drones até fones de ouvido.

E se acaso você está pensando que toda essa técnologia é coisa de filme, ou seja, custa caro e terá pouca utilidade, continue a leitura. Isso porque nós separamos 3 gadgets incríveis para ter ai na sua casa. E o melhor, com valores que cabem no orçamento ou podem entrar no planejamento do próximo ano.

3 Gadgets incríveis para ter na sua casa

  1. Smartwatch

Sobre: Para quem pratica atividade físicas, ter um smart watch é uma necessidade. Já que o disposotivo ajuda a melhorar o desempenho na academia ao, por exemplo, te mostrar como estão seus batimentos cardíacos e outros fatores que influenciam em um melhor resultado.
Valor:
A partir de R$ 70,00

Relógios Inteligentes Serão Tendência em 2019. – Imagem: Shutterstock

 

  1. Robôs faxineiros

Sobre: Como o próprio nome sugere, um robô irá fazer a limpeza da sua casa para você ou pelo menos te ajudar com funções como varrer o chão easpirar o pó. Para melhorar, há versões que fazem o trabalho em porcelanato, tapete,  madeira e outras superficíes.
Valor: A partir de R$ 600,00

Modelo de Aspirador de pó Deebot, Robô Faxineiro – Imagem: Folha Uol Online

  1. Google Home

Sobre: Para os mais apaixonados por tecnologia, o Google Home funciona como uma assistente pessoal na sua casa. Já que, basicamente, o sistema (que é acionado ao seu tablet ou celular) reconhece os comandos de voz feitos por você e faz eles acontecerem no ambiente. É possível, por exemplo, apagar luzes, mexer na TV, colocar eventos na sua agenda, fazer pesquisas no Google e outras tarefas.
Valor: A partir de R$ 800,00

Google Home. Imagem: Divulgação

* Valores pesquisados em setembro de 2018

Táxi voador é a nova aposta do Uber

Táxi voador é a nova aposta do Uber

Quem nunca sonhou com um carro voador? Principalmente nos dias de trânsito!

A Uber Air é a nova aposta de transporte Uber.

 

O serviço acontecerá da mesma maneira, sendo que os usuários solicitarão o voo, por intermédio do aplicativo, com a mesma simplicidade em que pedem os carros.

O carro voador terá espaço para quatro passageiros e viajará numa velocidade média de 240 a 320km/h, dessa maneira a expectativa é que a bateria tenha duração de 60 milhas, o equivalente a 96,5km.

Tecnologia utilizada.

A tecnologia avançada permitirá fazer uma carga completa da nave em até cinco minutos nos horários de pico. O objetivo é criar um modelo elétrico e autônomo. Os primeiros testes serão realizados em 2020 e as atividades estão previstas para iniciarem em 2023.

Os projetos para embarque e desembarque para o Uber Air também começaram. A ideia é criar um tipo de aeroporto próprio, intitulado de Skyport. As estações ficarão em topos de prédios para que as aeronaves possam decolar e pousar. Dessa forma, o cliente, após solicitar o Uber Air, terá de se dirigir até a estação mais próxima. A média de preço para o serviço ainda não foi calculada.

De acordo com a companhia do app de caronas, o deslocamento dentro das grandes cidades do mundo leva muito tempo, o que representa menos tempo para ter uma vida saudável. A meta é aproveitar o espaço aéreo para aliviar o fluxo no trânsito. Além disso, o som das aeronaves deverá ser suave para que possa se misturar com os sons corriqueiros das cidades.

Para a realização do projeto futurista, a Uber afirmou parceria com a Nasa (Administração Nacional Aeronáutica e Espacial dos Estados Unidos), e com o Exército do país. Com a Nasa, a parceria foi feita para supostamente criar simulações do serviço e de voos, considerando tráfego, espaço aéreo e riscos de colisões. A proposta para o grupo de Forças Armadas é avançar nas pesquisas testando as aeronaves.

Acordos com os fabricantes de aeronaves de todo o mundo também foram realizados, dentre eles está a empresa brasileira Embraer, responsável por aviões comerciais, agrícolas, executivos e militares.

Taxi Aéreo é a nova aposta da Uber – Imagem: Divulgação

Skyports

Para a criação dos pontos de chegada e partida, Skyport, será preciso atender exigências ambientais. Isso para não prejudicar o meio ambiente e as localidades ao redor das estações. Segundo o diretor de design da Uber, John Badalamenti, essa realidade tecnológica está mais próxima do que imaginamos, para isso, a infraestrutura urbana precisa evoluir desde já. Parcerias com empresas de arquitetura e engenharia já começaram a ser feitas.

Obstáculos

Apesar de toda a tecnologia do processo, de acordo com a Uber, existem desafios a serem enfrentados. Para a criação dos novos conceitos de aeronaves acontecer, as etapas de certificação, até cumprirem todas regras das autoridades mundiais de aviação, são lentas.

Além disso, as baterias elétricas precisarão ser suficientes para suportar voos de longa duração e os veículos terão de ter perfeito funcionamento nas variações climáticas. O que também pode ser considerado um desafio para o empreendimento é o controle de tráfego aéreo.

A notícia é boa, mesmo parecendo uma realidade distante. A estranheza, para nós brasileiros, em um primeiro momento, é pensar quanto custará um serviço como esse? Será que vai ser tão acessível quanto o Uber é na atualidade?

Já imaginou? Ir voando para o trabalho, que delícia!! Agora só falta um robô em cada casa e viveremos no mundo dos Jetsons. Quem sabe com alguma referência de imagem!

Até a próxima!

Dicas na hora de comprar o smartphone certo

Dicas na hora de comprar o smartphone certo

Ao longo do tempo, celular virou artigo super necessário, principalmente para o trabalho. E a gente sabe que eles se renovam a todo o momento e, por isso, é bom de vez em quando trocar. Mas, o que você deve considerar na hora de comprar um smartphone? Essa pode ser uma tarefa meio complicada, principalmente para quem não está inserido no mundo tecnológico. Por isso, elaboramos essa listinha com dicas que você deve considerar na hora de comprar um smartphone que realmente atenda às suas necessidades:

Avalie as necessidades: primeiro de tudo você precisa saber para que esse celular será usado. Tem gente que usa para trabalhar, outros consideram a câmera mais importante e tem quem seja fã de aplicativos e priorize o quesito memória. Depois que você avaliar as necessidades, anote tudo num papel e preste atenção nesses itens na hora da compra.

Escolha o sistema operacional: Android ou IOS? Essa é a dúvida de muita gente na hora de comprar um celular, tudo vai de acordo com o seu investimento e costume de uso. Os dois sistemas operacionais podem funcionar muito bem, mas são bem diferentes um do outro. Se você está acostumado com Android há muito tempo, por exemplo, pode ser que estranhe o método de funcionamento do Iphone e vice-versa. Se você for presentear, o melhor é tentar descobrir qual desses dois sistemas a pessoa já usa, até porque alguns aplicativos de costume podem não funcionar, caso mude o sistema operacional.

Tempo de duração da bateria: esse é um item muito importante que pouca gente leva em consideração e acaba saindo no prejuízo. Se você, ou quem vai presentear, usa muito o celular e fica poucas horas em casa, peça para o vendedor mostrar os modelos que possuem maior tempo de duração da carga. Alguns smartphones até têm essa qualidade em destaque. Para garantir, também vale ter um carregador portátil.

Pesquise os preços antes de comprar: um levantamento do Procon-PB realizado em outubro desse ano mostrou números impressionantes, quando o assunto é diferença de preço de celulares entre uma loja e outra. Em João Pessoa, por exemplo, é possível que o valor do smartphone varie em até R$1.300! E isso não acontece só na capital do norte do país, outras regiões também sofrem com a variação do preço. Se você for passar as férias nos Estados Unidos e quiser comprar um Iphone, por exemplo, vale esperar até a viagem para trazer um celular por quase a metade do valor encontrado no Brasil.

Gostou das nossas dicas? Agora é só pesquisar e ter um celular novinho para trabalhar e também para falar com a família, registrar os melhores momentos com os amigos…